Betty Birger no 1º Fórum HealthARQ

Informações

Primeiro prêmio HealthARQ com a Betty Birger, ela que foi eleita na categoria “marcas mais lembradas”, e também de interiores na premiação.

Abaixo transcrição da entrevista:

“Ah isso foi bacana, ver o nosso trabalho prestigiado desse jeito, com esse resultado é a coisa que a gente mais quer na verdade… é uma felicidade”

“A gente está com uma variedade interessante de projetos, o grosso, a gente está fazendo bastante hospitais, nós estamos com muitas obras legais no hospital Albert Einstein, além de estar fazendo um novo caderno de especificações técnicas deles com os novos materiais de acabamento, novo mobiliário, materiais sustentáveis, além disso a gente sempre está fazendo aquelas mega-clinicas, com um monte de gente bacana do mercado, então assim, nosso escritório hoje está voltado em torno de 75% na área da saúde. A gente faz o projeto, como eu sempre falo, um a um, personalizado para aquele cliente.”

“O nosso escritório é um escritório de criação, os nossos materiais são os mais modernos, os mais tecnológicos e a gente analisa o cliente muito de perto, então o resultado sempre é o resultado certo. Existe sempre uma interação entre a gente e o médico, e a clínica ou o hospital, e assim existe uma troca muito grande, a gente sempre cria juntos, então o resultado é muito bom, nosso projetos são muito diferentes um do outro, não existe fórmula pronta, existe o resultado final que é a marca institucional, a marca corporativa daquele cliente, então um médico é completamente diferente do outro, um hospital é diferente do outro, cada um tem que ter a sua cara projetada no espaço, o espaço tem que ler, ele tem que mostrar o que é que aquela entidade está trazendo de interessante, quais são os princípios dela, qual é o cliente que ela atende, então isso tudo tem que estar muito claro no espaço.”

“O espaço realmente é esse resultado, existe uma interação entre o cliente e o espaço, tudo uma coisa só. Você trabalhar na área hospitalar, ela é extremamente complicada, tem vários negócios juntos acontecendo, a gente fala de elétrica, acústica, hidráulica, sistemas especiais, tecnologias, automações, a parte hospitalar efetivamente, investimentos especiais, robótica, então isso tudo assim, a gente precisa ter muita informação, tem que estar ligado o tempo todo e pesquisando sempre novos materiais, novas coisas, porque é muito fácil você sempre fazer o normal, copiar e colar e não sair do seu espaço de conforto, a gente precisa ousar e entender profundamente do negócio.”

“Hoje qualquer projeto quer seja na área hospitalar ou em qualquer outro, obrigatoriamente a gente tem que pensar no futuro do planeta e na autossuficiência da edificação, então assim, a gente tem que pensar na economia de energia, sistema de led, iluminação natural, ar condicionado inteligente, materiais que na verdade a gente tem que tirar a certificação lide em grande parte deles, materiais que sejam ante chamas, ante tudo, ou seja, você tem que pensar em materiais que sejam sustentáveis, que tenham qualidade e que possam durar, e preservar o planeta, porque se não a gente não vai ter mais nada aqui, é muito importante isso…”

HealthArq_revista

Fechar